o nosso lixo está a matar os animais

EUNAOQUEROSABER #03

Já pensaste no que acontece quando deitas alguma coisa fora?

Quando deitamos fora comida, plástico, papel, ou o que quer que seja, isso deve ir para algum lado, certo? Certo! – mas a maioria das vezes, esse “algum lado” é algo em que não gostamos muito de pensar.

Enquanto o lixo orgânico e o papel se acabam por decompor, o plástico fica durante centenas ou milhares de anos no nosso ecossistema, desintegrando-se em partes cada vez mais pequenas. Como se isto já não fosse problemático o suficiente, todos os anos, pelo menos 8 milhões de toneladas de plástico vão parar aos nossos oceanos.

Quando os animais marinhos encontram os detritos de plástico a flutuar no mar ou depositados no fundo do mar, sejam eles tampas de garrafas, cotonetes, sacos, palhas ou redes de pesca, podem comê-los por os confundirem com comida. De facto, as aves marinhas não só os ingerem como também alimentam as suas crias com eles.

O resultado? O plástico que vão ingerindo ao longo do tempo vai-se acumulando no aparelho digestivo, o que lhes dá uma falsa sensação de saciedade e pode levar a que morram de fome. Infelizmente, existem muitos mais problemas ligados à ingestão de plástico: lesões nos órgãos internos, obstrução intestinal e acumulação de químicos dos plásticos nos seus tecidos, entre outros.

Mas o plástico não precisa de ser ingerido para ser uma ameaça. Os animais ficam presos nas redes de nylon abandonadas no mar e nas nossas embalagens de plástico, o que os fere, impede de nadar normalmente, leva à exaustão e os pode eventualmente matar.

É isto que estamos a fazer aos nossos animais:

tartaruga_plastico

Tartaruga presa nos anéis de plástico usados para juntar as latas de bebidas

ave_plastico

Uma cria de albatroz alimentada pelos seus progenitores com plástico. Já foram encontradas crias com mais de 275 peças de plástico no estômago, o que, numa pessoa, seria o equivalente a ingerirem-se 10kg de plástico.

leao_marinho_plastico

Leão marinho com plástico à volta do pescoço

tubarão_plastico

Tubarão com plástico na boca

tartaruga_rede_pesca

Tartaruga presa em redes de pesca fantasma*

tartaruga_balao

Tartaruga que ingeriu um balão

foca_redes_fantasma

Foca presa em redes fantasma*

* Redes de pesca fantasma são redes que ficaram perdidas ou foram abandonadas no mar pelas embarcações

Se soubessem que os sacos, talheres e garrafas de plástico que utilizam poderiam acabar nos estômagos de uma ave marinha ou de uma baleia, ainda os usavam?


#EUNAOQUEROSABER é uma rubrica do âncora verde que pretende alertar para os problemas ambientais que assolam o planeta.

Fonte: The Uniplanet

 

 

logo - âncora verde

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s